domingo, 23 de novembro de 2014

7,132,00

Semana activa, a voltar ao ritmo de "antes". Terça e quinta feira, pedalada ao fim do dia e domingo, uma volta a Espinho a bom ritmo com o amigo Joaquim.

Bike a precisar urgentemente de transmissão, pois já grita e arranha por todo o lado e a chuva e lama não ajudam.

Hoje foi tal a porrada nela, que parecia a protagonista do "Exorcista" a virar o pescoço 360º. Felizmente e tal como no filme, regressou ao normal.

                                                           


Se não pedalares...









segunda-feira, 17 de novembro de 2014

7,025,80...

E mais uma vez com o meu bom amigo Manuel Ilídio, andei por Gaia a fazer aquilo que mais gosto, que é, pedalar e mesmo com muita chuva e algum frio, nada me fazia melhor à alma e ao corpo que um domingo de btt, em grande companhia.

video


Se não pedalares...

sábado, 15 de novembro de 2014

6.998,2...

Uma hora disto de manhã...

video


E uma hora disto de tarde :)

video

Se não pedalares...

terça-feira, 11 de novembro de 2014

6,984,40

Os mesmos km???

Pois, cansado, muita chuva e acima de tudo muito vento, tiraram-me qualquer apetite que tinha para pedalar ou mesmo correr. Ainda olhei para a estática, mas lembrei-me de algo e soube bem.

Uma hora a saltar à corda e deu para perceber que é um belo desporto complementar. A repetir!

video
                                       

Se não pedalares...

PS- Soube hoje que um "conhecido" se encontra desaparecido nos Picos da Europa. João Marinho, só espero que não passe dum susto este teu desaparecimento.

domingo, 9 de novembro de 2014

6,984,40...

Muito tempo se passou sem vir aqui (mais de 2 anos :/), já nem me lembro de como escrever num blogue, mas aqui vai.

O que me tem feito falta é motivação para o desporto e acho que se as redes sociais no início até ajudaram, agora acho que até matam essa motivação, tal é o apetite de "mostrar". Nunca foi o meu objectivo tal coisa. Sempre quis foi divulgar este belo desporto que é o ciclismo, aonde nos pode levar e de que forma nos transforma a todos em pessoas melhores.

Vou regressar a este blogue e fugir um pouco do resto, tendo noção de que poucos o visitam e cujo objectivo é também que fique para a posterioridade uma espécie de álbum de memórias.


                               

Se não pedalares...